quarta-feira, 7 de maio de 2008

Saudades da ditadura

Concordo com o nobre e sábio vereador Fernando Carvalho (foto ao lado). Os vereadores de oposição ao desenvolvimento de Campina Grande têm mesmo saudades do Regime Militar. Carvalho foi muito feliz quando comparou a decisão destes vereadores em querer tomar o poder legítimo do prefeito Veneziano com o terror que foi os anos 60.

A instalação da tal Comissão Processante fere o que há de mais legítimo em termos de democracia. O prefeito Veneziano não foi condenado em nenhuma instância jurídica. Está sendo alvo de um revanchismo por parte daqueles que querem levar a alma ferida do chefe maior – o Governador Cássio.

Vala comum
Para o vereador Fernando Carvalho, os vereadores de oposição querem colocar Veneziano na mesma vala comum em que está o Governador Cássio, cassado duas vezes e Governando graças a liminares.

Jornalistas bem gratos...
O Governador Cássio não tem o que se queixar dos jornalistas campinenses. Só fazem pergunta ao Chefe como se tivessem combinado com ele. Ontem, por exemplo, perguntaram o seguinte a ele: “Governador, como o senhor vê essa comissão processante ou vai ficar observando à distância” - aí Cássio, feliz com o que lhe foi indagado, disse: "Na sua pergunta está a minha resposta, à distância, é um assunto que não posso opinar”. Essa nossa imprensa é uma mãe para o Governador da Paraíba.

Comemoração

Tem assessor do Governador comemorando em praça pública a possibilidade de Veneziano deixar a Prefeitura e o presidente da Câmara, Paulo Muniz, representante do Governador Cássio, assumir a Prefeitura por 90 dias. Um absurdo.

Eu já sabia há 23 anos atrás...
É incrível como o que a gente tem ouvido há muito tempo permanece tão vivo em nossas mentes. No começo dos anos 80, quando morava em Mossoró (RN) e pensava em residir de vez em Campina, as pessoas que conheciam a Paraíba faziam a seguinte observação: “Josué, a Paraíba, você verá, tem uma fama muito grande de fazer embates políticos de forma muito acirrada e às vezes muito desleal”. Naquela época nem pensava em ser jornalista, mas constato que é verdade mesmo o que me disseram. É muita deslealdade e jogo sujo para se conseguir o poder.

Medo do quê?
O grupo do Governador está com um medo danado do Ministro Joaquim Barbosa ser o relator do caso FAC. Existe sim essa possibilidade.

Rumo ao Paquistão
Além de ser bom de copo e de boas companhias (o vídeo do Youtube que o diga), o nosso Governador gosta de ir a viagens bens distentes. Já esteve em vários países da Europa, nos Estados Unidos e agora anuncia que vai ao Paquistão, antiga União Soviética. Garante que vai tratar de negócios para a Paraíba. Anos atrás anunciou, resultado dessas viagens, que o Estado ganharia fábricas de Portugal, da Microsoft e outras mais. Tudo balela. Apenas turismo e outros assuntos relacionados a investimentos seus que a gente sabe muito bem quais são...

4 comentários:

pedrofreirefilho disse...

O João Dantas conseguiu superar a vergonha da não aprovação do orçamento com essa. É o maior sinal da derrota que se avizinha...

Anônimo disse...

Tá perto, mt. perto, de vc. Josué Cardoso pegar a tábua de graxa...
e aí vc. vai trabalhar aonde?
quem vai lhe aceitar como companheiro de trabalho?
a situação de Veneziano é crítica e vai piorar mais ainda...

Anônimo disse...

Vc. tem razão Pedro Freire, a derrota se avizinha...
Veneziano não tem mais condições de continuar Prefeito de Campina, é verdade, vc. está certo!

Anônimo disse...

O Paquistão, se é ese mesmo o destino de Cássio, nunca fez parte da URSS.