quinta-feira, 30 de julho de 2009

Um dia histórico

Um dia após a visita histórica do Presidente Lula a Campina Grande, ocorrida no dia 28 último, foi difícil acompanhar as repercussão nas emissoras de rádio local. A começar pelo amigo Marcos Marinho, embora com respeito, mas discordando que Lula tenha vindo apenas para entregar obras já inauguradas pelo povo – o Instituto de Educação Tecnológica e a duplicação da BR-230, além da visita surpresa às obras de uma creche municipal no bairro Cinza, como pode ser visto na foto com os trabalhadores e nas demais que se seguem no final da coluna.

Lula veio a Campina Grande festejar com o povo um prato cheio de realizações. E essas ações não estão em prato raso. Podem ser vistas aos montes, em dois restaurantes populares instalados na cidade, seis cozinhas comunitárias, nas parcerias com a Prefeitura na construção de Escolas tipo Padrão, em Unidades de Saúde, nas obras da Feira da Prata, na Casa do Artesão (obras já iniciadas), farmácias populares, esgotamento em São José da Mata, urbanização do Pedregal, construção de casas e apartamentos, implantação do Samu, obras do PAC em quatro áreas distintas com investimentos de R$ 90 milhões, Programa Compra Direta, que adquire produtos hortifrutigranjeiros de mais de 200 agricultores, sem falar no Programa Bolsa Família (que nem de longe se assemelha ao Bolsa Eleição do Programa da FAC em épocas pretéritas) dentre tantas outras ações jamais vistas nos Governos do PSDB.

Nas demais emissoras, críticas porque Lula brincou quando disse que agora os campinenses poderiam encurtar a distância entre Campina e João Pessoa e desfrutar das delícias do litoral. Que coisa mais besta essa que nossos companheiros jornalistas têm de analisar fatos tão pequenos.

No mais, acho que existe um interesse muito grande dos cassistas ainda insatisfeitos com a cassação querendo estimular setores da imprensa a atingirem Lula e, por tabela, o Governador José Maranhão. Pura dor de cotovelo. Como já disseram outras vezes, ainda não existe remédio para essa doença...

Teles emocionado
No programa da Correio FM, ainda no dia 28, o professor e político Teles Albuquerque se disse emocionado e feliz com o comentário crítico de Marinho sobre a estada de Lula em Campina. Também não é para menos, o Senhor Telles historicamente sempre esteve atrelado às saias do PSDB, - o tal grupo que fez e faz um grande mal ao Brasil. Tem razões de sobras para comemorar quando falam mal de Lula.

O sujo falando...
E por falar no PSDB, tem sido hilário acompanhar as ações deste partido tentando destituir o presidente do Senado, José Sarney. Não defendo Sarney, mas que moral tem o PSDB para tentar mostrar-se limpo? Seus integrantes possuem um passado e um presente sujos e de causar vergonhas. Nem precisamos relatar os episódios vividos aqui em nosso Estado , a começar pela cassação do Senhor Cássio e da prisão de Cícero, os dois do PSDB, naquela Operação Confraria. É mesmo sujos falando de mal lavados.

Pai do Cefet?
E aquele ex-deputado que jura de pés juntos que foi o responsável pela instalação do Instituto de Educação de Tecnologia em Campina. Pense num absurdo. E dos grandes. A história não é bem essa. Quando o tal parlamentar atuava, não conseguiu unir forças para que uma unidade chegasse a cidade. O Centro foi instalado à época em Cajazeiras. É melhor o ex-deputado procurar outro mote pata aparecer na mídia. Essa não cola de jeito nenhum.

Vené metralhado
O prefeito Veneziano vem sendo bombardeado diariamente pela Campina FM. Todos os dias a emissora entrevista vereadores com um assunto repisado e requentado. E o mais lamentável é que a rádio não dá espaço no momento da entrevista para que os auxiliares do prefeito se defendam no momento da crítica. Ah como eu tenho saudades de Hilton Motta.

Placa móvel
Procurei a cerimonialista Zélia Alcântara para obter mais explicações sobre a criticada placa móvel apresentada nas solenidades presididas pelo Presidente Lula em Campina Grande. Segundo ela, a tal placa é apenas para evitar deslocamentos das autoridades para outras áreas, mas que o Instituto Federal de Educação Tecnologia e Ciência e a BR-230, inaugurados por Lula, terão as placas instaladas em locais próprios.

Veneziano vaiado?
Um absurdo. Dizer que o prefeito Veneziano foi vaiado na visita de Lula a Campina merece a indignação de toda Campina Grande. Estive no local, do começo ao fim, e Veneziano foi aplaudido mesmo nos momentos quando ela não discursava. A inveja é um mal que precisa ser combatido.

Tráfico de influência?
Não constatei tráfico de influência naquela entrevista concedida com exclusivamente pelo Presidente Lula ao Sistema Correio. Claro que os demais jornalistas queriam fazer perguntas ao Presidente, mas, nesse caso, o próprio Lula disse na TV que estava devendo a sua presença na emissora desde a campanha passada. Foi puro prestígio do grupo. Coisas de liderança.

O cochicho

Um amigo garante que leu os lábios do prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho, naquele divulgado cochicho com o Presidente Lula. Segundo ele, o ‘Mago’ apenas reclamou da ausência de Lula em João Pessoa. E nada mais! Se Lula pretende ir a João Pessoa, só Ricardo pra responder. Pelo que soube, o Presidente não gosta muito de sol. Prefere as ‘cidadezinhas do interior’ (termo usado pelo prefeito Ricardo recentemente), exemplo de Campina Grande. Obrigado pela leitura.

O Presidente Lula na visita à creche do Cinza























Um comentário:

Lucas Ferreira disse...

Olá, José Cardoso, recentemente criei um blog de informação do nosso estado, gostaria de uma ajuda se não for incomodo, eu observei que no seu blog você colocou uma imagem no lugar onde normalmente Fica o titulo do blog, gostaria de saber como você colocou essa imagem?
Caso você quiser me ajudar o meu MSN é : Lucasferreiraperreira@hotmail.com

**Que Deus te abençoe poderosamente!**