sexta-feira, 23 de novembro de 2007

“As mentiras do Correio”

Ocupo o espaço hoje para cobrar das entidades ligadas aos profissionais de imprensa (Sindicato dos Jornalistas ou API) que, através de nota de repúdio, critiquem a postura do Governo do Estado que está pagando espaços na mídia com o seguinte título: “As mentiras do Correio”. Quase que diariamente há uma matéria paga nos jornais ligados ao Governador Cássio denegrindo duramente o Sistema Correio.

O Correio nada mais está fazendo que cumprindo com o seu papel de informar. Todas as matérias classificadas como ‘mentirosas’ pelo Governo são respaldadas de acordo como manda a boa regra jornalística: há um denunciante.

No caso do denominado “Escândalo do Pão”, a denúncia é do deputado Rodrigo Soares. Não é invenção do Correio. E que denúncia hein? Uma padaria de João Pessoa que tem um capital social de apenas R$ 5 mil, fatura 5 milhões do Governo do Estado e abastecendo presídios do sertão paraibano!? Negócio mais estranho esse.

A denúncia referente ao Programa Pão e Leite já é de conhecimento do Conselho Alimentar estadual, que inclusive se reuniu na semana para apurar as irregularidades, muitas delas confirmadas.

Até quando o Governador Cássio vai continuar com essa campanha difamatória contra o Correio, iniciada, aliás, há muito tempo, quando parentes do Governador decidiram processar o jornalista Marcos Marinho?


LUIZ COUTO E TEREZINHA MAIS FORTES - Os nomes de Luiz Couto (FOTO) e de Terezinha Cavalcante ganham força para as eleições do próximo dia 02 de dezembro. Militantes petistas ligados a tendência “Movimento PT” que tem como candidato a presidente estadual o atual presidente Frei Anastácio, reuniram-se na noite de ontem para avaliar o posicionamento do presidente da legenda no caso que envolve uma filiada do partido que teve os direitos políticos partidários suspensos por tempo indeterminado pelo Diretório Municipal de Campina Grande, pelo fato da mesma está ocupando um cargo de confiança no governo do PSDB.

Contudo alguns integrantes da Executiva Estadual sob o comando do Frei Anastácio, anularam a decisão do Diretório Municipal, contrariando sobremaneira os petistas de Campina Grande inclusive os que fazem parte da tendência do Frei. De acordo com o dirigente estadual Epaminondas Leite Neto, o comportamento de Anastácio foi extremamente desrespeitoso aos dirigentes de Campina em especial aos filiados que fazem parte do “Movimento PT”.


Epaminondas disse que na reunião de ontem à noite eles decidiram retirar o apoio a candidatura de Anastácio assim como também a chapa do diretório que é liderada pelo mesmo. Passando a apoiar a candidatura do deputado federal Luiz Couto “O nosso grupo em Campina tem aproximadamente 150 votos, vamos transferir todos esses votos ao companheiro Luiz Couto, Anastácio foi extremamente desrespeitoso conosco e não merece mais o nosso voto”, desabafou o petista. Epaminondas informou que irá votar em Terezinha Cavalcante na eleição do Partidos dos Trabalhadores em Campina Grande e que cerca de 40 pessoas irão acompanhar seu voto com Terezinha, que é a atual presidente do partido.

IndelicadezaO maestro Edmar Miguel foi de uma indelicadeza com o prefeito Veneziano, durante sessão da Câmara Municipal para lembrar o Dia do Músico. Disse que a Orquestra Sanfônica enfrentava dificuldades e que a Filarmônica Pessoa recebe salários de fome. O maestro sofre de um mal chamado dor de cotovelo, já que ele apóia o grupo Cunha Lima, tanto é que na campanha de 2004, chegou a fazer música detratando o prefeito moralmente, chamando-o de pedófilo.

Sem verbasO presidente da Casa do Cantador Repentista´de Campina, Santino Luis, reclama que não consegue verbas da Prefeitura para realizar o Congresso Nacional de Violeiros neste mês de novembro. O violeiro só não tem coragem de dizer que o Governo do Estado disse ter promovido, durante o fracassado projeto Rap e Rep, o mesmo Congresso. Detalhe, enquanto Gabriel, que não tem nada de pensador, recebeu R$ 350 mil, cada cantador de viola ganhou R$ 500,00. Datalhe: não houve o tal Congresso durante o Rap e Rep, mas apenas apresentação especial para um público de apenas 36 pessoas.

Praça do OuroFiquei de queixo caído quando soube que o Governo do Estado vai destinar quase R$ 800 mil à Emsa (empresa que fez o viaduto), para reformar a Praça que fica embaixo do equipamento urbano. É muito dinheiro para pouca obra. À altura do valor que foi gasto no viaduto (ou ponte pênsil como chama Marcos Marinho), num montante de cerca de R$ 30 milhões. Um absurdo, já que a obra não resolveu a problemática do trânsito ns imediações.

Quase votouE não é que quase o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba deu continuidade ao novo processo de cassação contra o Governador Cássio na última quinta-feira, 22. O Juiz Abraham Lincoln, pelo que soube, queria declarar seu voto, mas foi impedido, já que a juíza Cristina Garcez tinha seu voto a se manifestar. Foi deliberado, através de consenso, que a sessão retoma a normalidade na próxima quinta-feira, dia 29, com a declaração de votos das duas autoridades.

Romero quer crescerMesmo tendo obtido uma boa votação para deputado estadual, O secretário Romero Rodrigues busca ocupar espaços na mídia atacando injustamente o prefeito Veneziano. O prefeito diz não se preocupar com Romero: “e não dou ouvidos a quem tem menos de 4% das intenções de votos dos eleitores”.

Romero e o seu SiteNa sua página na Internet, o deputado diz cada coisa, digna de entrar para o anedotário político. Diz que o gasoduto é a mais importante obra da cidade dos últimos 50 anos. Eu hein? Menos Romero. Propõe ainda que o prefeito comece a trabalhar e ainda faz acusações graves em relação a locações de veículos por parte da Prefeitura. A Procuradoria Jurídica da Prefeitura, pelo que soube, vai acionar judicialmente o secretário, para provar as acusações no Site.

Mentira oficialEnquanto o Governo do Estado tacha de mentirosas matérias publicadas no Correio, algumas obras estaduais em Campina estão abandonadas, caso das mais de 300 casas do Novo Horizonte, paralisadas desde a campanha eleitoral. No centro da cidade, na Avenida Floriano Peixoto, uma placa no prédio onde antes funcionava o Fórum Afonso Campos, sinaliza o que seria um Restaurante Popular (foto). Há dois anos não foi feito nada no local.

12 comentários:

Blog do Jornalista Josué Cardoso - Campina Grande(PB) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

O Correio faz jornalismo, diferentemente do Jornal da Paraíba, O Norte, TV Paraíba, que engolem tudo do Governador. Também não é pra menos. É tudo Cunha Lima de morrer.
Mas a hora deles está chegando. Não vão comer o Peru do Natal como mandatários do Estado. Afonso Eduardo - Campina Grande. Ah, Parabéns pelo blog

Anônimo disse...

Josué Cardoso vc. diz que O Governador está denegrindo a imagem da Correio, não seria o inverso, já que o Sr. Roberto Cavalcanti tem interesse em assumir o Senado?
Quanto a obras do Governo Estadual é so ver na imprensa e nos sites do estado, o que tem feito o Governador.
Ainda, a respeito da declaração do Deputado Romero Rodrigues quando diz que o Gasoduto é uma das maiores obras do Governo do Estado e que vc. faz "graça¨", lamentávelmente sua capacidade de perceber a importancia economica de tal feito, é pequena, é reles...
Vc. é um COITADO que não enxerga além da figura do seu patrão: o Prefeito!

Anônimo disse...

Não disse que o Gasoduto não era uma grande obra - é uma grande obra sim, mas não é a mais importante dos últimos 50 anos. Tem sua importância, mas não vejo alavancadora do desenvolvimento, até porque a Paraíba se apresenta como um dos que mais tem preço elevado no produto. Roberto integra sim um grupo político, mas em nenhum momento utilizou os microfones da rádio ou o jornal para chamar Cássio de mentiroso, corrpto ou coisa parecida. Respeita a figura do Governador,, atitude que o Governador deveria dar o exemplo e não incentivar seus eleitores a cultivarem o ódio contra um órgão de comunicação. Não é exemplo de democracia. - Josué Cardoso

pedro freire filho disse...

Além de pagar matérias em jornais, o governo contratou um pool de emissoras para fazer um programa estadual pago com o nosso dinheiro. Mas, isso está perto de acabar...

Anônimo disse...

O gasoduto é sim uma alavancadora do desnvolvimento ou vc. propõe voltarmos aos fogões de lenha, pergunta a qualquer economista se o gás metano é propiciadora de modernidade, tome por exemplo grandes centros urbanisticos: Rio, São Paulo, etc.
Vc. tá cometendo um erro grave pela cegueira política, meu caro Josué, melhor deveria não ter comentado ou ter tido que a vinda do Gás Natural era um retrocesso, é assim que vc. vê!
O Sr. Roberto Cavalcanti não ataca pessoalmente o Governador pq. tem a seu serviço toda uma corja de "pseudos Jornalistas e repórteres", como vsa. senhoria, helder moura, marcos marinho, kennedy sales,prá atacarem Cássio Cunha Lima(vcs. são pagos prá isso e bem pagos), portanto tem que mostrar serviço.
Vcs. não tem nenhum compromisso com o Jornalismo e sim com quem paga mais.
Pq. não te calas, rapaz?

Anônimo disse...

Pedro Feire vc. tá dispensado, só faz FUXICO e não nada consubstancial, ora que coisa!!!!!
Procura o q. fazer, menino!

pedro freire filho disse...

Você, meu caro Josué, precisa fazer uma triagem nos comentários. Pessoas que não se identificam, que se escondem no anonimato, não deve emitir opinião. Deveriam ter pelo menos vergonha das calças que vestem.

Anônimo disse...

VIXE, A MOÇA DEU BRABA DE NOVO!

Pedro Freire Filho disse...

Essa semana a imprensa da Paraíba publicou que o governo já gastou R$ 74 milhões em "propaganda institucional". Dinheiro esse recebido pela MIX Comunicações. Esse dinheiro daria pra construir 50.200 moradias pelo programa PSH, já que a contrapartida é de apenas R$ 1,5 mil. E ainda tem bandido que defende esse governo.

Anônimo disse...

E TBM. DARIA PRÁ CONSTRUIR A CASA DA MOÇA!
POIS SIM!

Hall disse...

"O Correio nada mais está fazendo que cumprindo com o seu papel de informar"

rsrsrsrsrs [crise]

Você já pensou em ser comediante?