quarta-feira, 28 de novembro de 2007

A Palavra no TSE

E não é que os advogados do desespero do Governador Cássio estão pedindo a cassação do Senador José Maranhão e de Ney Suasssuna porque o jornal A Palavra teria favorecido a candidatura de ambos, em 2006?

O lamentável disso tudo é que vão ocupar o TSE com um assunto já vencido. A matéria já foi rejeitada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, por constar que o jornal não tem potencialidade para influenciar num pleito estadual.

Além do mais, não se pode comparar o suposto uso do jornal A Palavra com o caso do jornal A União, que deve resultar em mais uma cassação do Governador. A Palavra é da iniciativa privada, enquanto A União, todos sabem, é da estrutura do Governo do Estado.


O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) julgou a representação improcedente, por unanimidade, alegando estar comprovado que o jornal “tem tiragem inexpressiva, com pouca repercussão no estado da Paraíba e que se trata de veículo de pouca circulação no estado”. “Os candidatos beneficiados tiveram fragorosa derrota na área geográfica de circulação do semanário”, diz o acórdão regional, negando o pedido “ante a ausência de potencialidade do meio de comunicação para provocar o desequilíbrio do pleito”.

O que esperam os advogadops do Governador Cássio com essa atitude? Ah, já sei. Querem desgastar a imagem do Senador Maranhão, que deve assumir o Governo do Estado brevemente. Igualzinho ao que Cássio disse no debate na TV, ao lado de Maranhão - "seria o sujo falando do mal lavado", mais ou menos assim.

Há quem diga que há um outro objetivo por trás disso tudo. As ações interpostas no TSE iriam fazer com que os processos contra o Governador Cássio andassem mais lentamente. Com isso, ganha-se tempo. Não acredito que essa estratégia vá dar certo, até porque o Tribunal Superior Eleitoral trabalha com prazos. Tudo é questão de tempo.

Bolinha?
Concordo com você prefeito Veneziano. Não tem sentido nenhum polemizar com um rapaz que não lidera nada e ainda responde pelo nome de Bolinha. Bolinha, pelo amor de Deus....

Vereador do Ano
Alguém se arriscaria a escolher o Vereador do Ano de 2007? Existem 16, mas apenas meia dúzia mostra serviço pra valer. E todos ligados à base do prefeito Veneziano. Os demais, com algumas exceções, não têm nada de produtivo no Legislativo.

Romero radialista
O nosso jornalismo virou esculhambação das grandes. O amigo Carlos Magno informa que faz sucesso como radialista em Campina grande o deputado-secretário Romero Rodrigues (PSDB). Ele apresenta todos os sábados, das 8h30 às 9h30, na Rádio Comunitária Lagar FM, do bairro das Malvinas, o programa ‘Por Uma Campina melhor’. Quem apresenta o programa com Romero? Veneziano também teve programa na rádio Correio, mas era comandado por jornalistas. Todo mundo consegue a tal carteirinha de Radialista, através do Sindicato comendado pelo senhor Moisés Marques.

10 comentários:

Anônimo disse...

Vc. tem razão Josué Cardoso, " A Palavra" tem uma tiragem inexpressiva, aliás, ele é inexpressivo tanto quanto o seu Editor e os que o apoiam!
Josué Cardoso, adjetivos não fazem mal a ninguém, como por ex.: Cabeludo, agora adjetivo ruim é "TODO SUJO" referente a quem não toma banho ou "TACANHA" a quem não quer deixar a casa para os filhos!
Aí é pau mesmo!
Pq. não te calas , rapaz!

Pedro Freire Filho disse...

A questão dos jornais A União X A Palavra está apenas em que um é privado e o outro foi impresso com o dinheiro público. Não tem essa que os advogados de defesa criaram de "potencialiade". O que ´deveria contar para a Justiça era a publicação de uma pesquisa proibida, impressão de jornal em dia que ele nao circula e farta distribuição gratuita, tudo as custas do nosso dinheiro. O resto é bate boca e desculpa de amarelo. O crime de abuso de poder está caracterizado, claro e transparente...

Blog do Jornalista Josué Cardoso - Campina Grande(PB) disse...

pARA ANÔNIMO

Tenho dó de vc. Deve ser daqueles "assessores" que nada produzem, um inútil. Quem sabe não atua em uma entidade que sí vive de barganhar recursos públicos e se meter em política. Pelo que conheço de vc, é um grande do pelegão. Tem inveja do meu trabalho e de Marcos Marinho, que conquistamos credibilidade no que era curral de vocês. Campina é nossa. Cunha Lima nunca mais. E não me escondo em anonimato não viu - que é a arma do covarde - Josué Cardoso

Anônimo disse...

Tomo banho e não pretendo deixar minhas filhas sem casa!
Ok, Josué?
Os pricípios de um HOMEM devem começar de dentro de casa, pois suas atitudes dentro da família é que dizem ou definem o caráter fora de casa!

Anônimo disse...

Vc. não entende disso Pedro Freire, vc. só entende de coluna social e pouco!
Cala a boca, rapaz!

Anônimo disse...

Além do mais, Josué Cardoso ter inveja de vc. e de Marcos Marinho?
Seguramente não tenho e peço a Deus não chegar ao ponto de vcs. dois q. vivem a sombra de um Prefeito "ENGANADOR", mais cedo ou mais tarde, todos verão.
É incrível a cegueira política, a subserviência, q. ambos se submetem, q. não escreve uma linha imparcialmente, o Sr. Marcos Marinho até q. escreve bem, embora tendenciosamente, agora , vc. Josué, é uma negação, me perdoe, vc. não sabe escrever, só "BABAR", bajular, corroborar com a mentira de seu Prefeito, se acanhe Moço, toma juízo, e me desculpe, toma BANHO!

Anônimo disse...

Rapaz, você deve ser um ser desprezível - daqueles que vive às custas do poder - aliás deve pertencer a essa corja que dilapidou o Estado. Faça o seguinte, acesse meu blog não. Se a minha escrita não lhe convém, então continue a ler coluna social, que deve ser sua leitura preferida. Não é? - o anonimato é a arma do coverde. Você é invejoso, porque Campina tem um prefeito que rompeu a tradição de um grupo que vive da corrupção e de cometer crimes, exemplo de Ronaldo (que atirou em Burity), o filho, que acabou com a Sudene, Cícero Lucena, da Confraria de vocês; o Governador, corrupto; que grupo esse seu hein amigo anônimo - que quadrilha de bandidos hein? deveriam estar todos na cadeia, que é o lugar nais apropriado para vocês

Anônimo disse...

Josué - esse anônimo é Fernando Soares - assessor da Associação Comercial - que é Cunha Lima - tem inveja de você mesmo - Ele e aquele gay do Bolinha da CDL, não gostam de você - são despeitados porque Josué Cardoso tem nome em Campina. Tanto é verdade que é admirado por muitos - Liga não Josué e não responde esse babaca. Enquanto você trabalha e divulga a verdade, esse imbecial anônimo, que deve ser covarde mesmo, está numa sala sem fazer nada, ganhando R$ 2 mil, no ar condicionado - só acessando sites para plantar a discórdia. É um invejoso e quer entrar em questões particulares da sua vida para lhe atingir - tá vendo como ele é o seu círculo de amizade? é um otário. - Afonso Galdino - Campina Grande

Anônimo disse...

Afonso Galdino, vc. tá cometendo um erro brutal ao achar q. sou fulano ou sicrano, isso é perigoso pq, acusa pessoas q. não nada a ver comigo.
Ficar chamando as pessoas de Gay é mt. sério isso, além me parece mais cíumes do Josué Cardoso do que qualquer outra coisa.
Sei não, viu!
Vai ver que igualmente a Josué, vc. tbm. não toma banho!
PS. LAVA A BOCA tbm.

Marcell Moura disse...

Caro "jornalista", passei um tempo sem acessar seu blog, agora percebo que voçê não consegue esconder sua parcialidade, onde sua profissão dita que para ser ter credibilidade a imparcialidade é fundamental.O que vejo agora, com toda certeza é que voçê virou porta-voz da Prefeitura Municipal e também vejo que voçê já esta se preparando para ser juíz de Direito.No caso de ser porta-voz da Prefeitura agora voçê tem o DEVER de dar explicações sobre aquelas minhas indagações feitas no seu antigo blog, se não lembrar mais pode dizer que repetirei. Por enquanto é só. Abraços.