quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Romero apagado até no seu aniversário

O grupo do Governador está mesmo ruim em termos de candidato a prefeito em Campina Grande. O melhor posicionado nas pesquisas - Rômulo Gouveia, não chega aos 20 por cento. O segundo mais cotado é o secretário-deputado Romero Rodrigues (foto), primo de Cássio, com apenas 9 por cento das intenções de votos. Para constar como Romero anda ruim das pernas, basta folhear as páginas do Diário da Borborema edição desta quarta-feira, dia 09, que publicou mensagens referentes ao aniversário do pré-candidato a prefeito. Foram apenas três mensagens e nada mais. Em todas elas, a fotografia de um Romero triste. O DB foi implacável na escolha das fotos. Digo isso porque certamente o Departamento Comercial do DB deve ter oferecido mensagens a muitos comerciantes da cidade. Nem mesmo o Sr. Bolinha Cunha Lima parabenizou o amigo cassista. Que coisa hein?

Declaração infeliz de Rômulo
O deputado federal Rômulo Gouveia deu uma declaração muito infeliz nesta semana ao jornalista Dagoberto Pontes. Disse que não tinha nenhuma obrigação de apresentar emendas direcionadas à Prefeitura de Campina Grande. Diz isso somente porque o prefeito da cidade não pertence ao seu ninho político. Disse preferir repassar as emendas para o Governo do Estado. O parlamentar só não disse que emendas teria apresentado em Brasília. Pelo que se sabe, apenas recursos para a biblioteca da UEPB. É muito pouco para quem sonha em ser prefeito desta cidade.

Bolinha sem respaldo
Na coluna anterior havia criticado o presidente da CDL de Campina Grande, Sr. Bolinha. Mas eu deveria mesmo é ter dó dele. Afinal de contas, dentro da entidade ele é motivo de piadas. Poucos diretores acompanham suas críticas ao prefeito Veneziano. Até mesmo pessoas que ele considera de primeira hora o critica nos quatro cantos da cidade. É uma pena, porque a CDL não merece o presidente que possui atualmente.

Governo loca ou emplaca carros em Natal?
O Governo da Paraíba tem muitos amigos lá fora. Até mesmo alguns carros que prestam serviços à Cagepa ou foram locados em Natal-RN ou emplacados naquele Estado, como mostra a fotografia (foto) que tirei nesta quarta-feira, dia 09, aqui mesmo em Campina Grande. Se realmente foram locados por lá, é uma vergonha. E tenho até suspeitas do provável beneficiário; influente rapaz (homem público), que se casou com filha de empresário campinense que mantém negócios em Natal. Se o emplacamento aconteceu em Natal é outra vergonha, porque isso representa evasão de divisas.

Um comentário:

pedrofreirefilho disse...

É uma forma do dinheiro sair pelo ladrão...