terça-feira, 1 de abril de 2008

É o começo do fim?

Não sou de plantar terrorismo. Não tem sido a minha praxe ao longo dos meus 23 anos de jornalismo. Mas quando até mesmo sites ligados ao Governo do Estado evidenciam notícias dando conta que o Estado está parado, aí eu passo a acreditar que as coisas andam ruins mesmo no Reino Cunha Lima. Fico até mais ‘tranqüilo’ quanto ao que divulgo sobre o Governo Cássio, para que não venham me enviar e-mails dizendo que só faço falar mal de Cássio.

Pois bem, o site Wscom, de propriedade do jornalista Walter Santos, no dia 31 passado, divulgou a seguinte matéria: “Pára tudo: policiais e delegados declaram greve; ônibus trazem tropas para acampamento”.

A reportagem não economiza palavras em relação ao caos vivido no que parece os instantes finais do Governo Cássio. Diz o texto: “Em movimento inédito no Brasil (foto acima), a partir desta terça-feira 1° todos os ramos da segurança pública no Estado (Polícia Civil, Militar, Delegados e servidores) param as atividades simultaneamente em todo a Paraíba”.

O site foi fulminante quanto à situação vivida pelos policiais: “No topo da lista de reivindicação está o envio da Lei Orgânica para votação na Assembléia Legislativa com os pontos como a aposentadoria especial, aos 30 para homens e 25 anos para mulheres, remuneração sobre forma de subsidio, pois o salário base é ínfimo e se o Policial vir a morrer em serviço, a viúva vai receber apenas 35% da sua remuneração. Então hoje ele não tem segurança, tem uma profissão de risco e se ele morrer ou se aposentar perde 65% do seu salário. Aposentadoria é uma punição, então os policiais morrem trabalhando”.

Morando em Brasília
Advogados do Governador Cássio (e dizem que também o próprio Governador) e do Senador José Maranhão estão passando os últimos dias em Brasília, acompanhando a tramitação do processo que originou a cassação do atual Governador. Existem informações que o TSE deve julgar o processo até o dia 15 próximo.

Indignada
Ouvinte liga para a Rádio Correio FM, no programa Correio Debate, e sugeriu que os apresentadores Josival Pereira e Gutemberg Cardoso arregaçassem as calças e se dirijam às cidades atingidas pelas chuvas para ajudar as famílias. Pediu mais. Que os jornalistas parassem de criticar Cássio...

Protesto
Injustificado o protesto promovido por alguns integrantes do Sintab para reclamar “humilhação” no tratamento do Governo Veneziano aos funcionários municipais. Não dá pra entender promover uma manifestação no dia que estavam sendo quitados os salários do mês. O Sindicato perde credibilidade agindo dessa forma.

Adelci

Mesmo tendo 19 por cento dos votos na pesquisa Consult, o prefeitável Rômulo Gouveia já age como prefeito. No Baile da Imprensa, promovido por João Pinto, o Gordo “demitiu” da direção dos Museus da Prefeitura de Campina Grande a competente Adelci Fernandes. Tudo por conta de umas doses a mais de uísque e porque Adelci não queria sentar à sua mesa. Pode uma negócio desse?

Ainda o Baile
Não fui ao Baile, mas soube que um “fotógrafo” pegava pelo braço qualquer um que passava na sua frente para tirar fotos ao lado de Rômulo. Cenas deprimentes, pelo que me dissseram.

Um comentário:

pedrofreirefilho disse...

O relatório da PF sobre o caso Concorde é devastador...